Chegamos na Turquia e aqui estão nossas primeiras impressões

Chegamos na Turquia e aqui estão nossas primeiras impressões

0
SHARE

Começamos bem… Voamos de Moscou para Istambul pela Turkish Arilines e olha… Que companhia senscional! Além da pontualidade e do voo super tranquilo, que durou apenas 2h40, ainda comemos uma comida delícia e um bolinho de damasco que surpreendeu! Quando o avião decolou, os comissários nos deram um menu com a opção do dia. Até o chefe de cozinha apareceu. Chique, chique!!!

Turkish Airlines
Turkish Airlines
Turkish Airlines
Turkish Airlines

Assim como a Rússia, a Turquia também é um país com um pé em cada continente. Uma pequena parte está na Europa e a maior delas na Ásia. Particularmente, sempre achei esse fato meio esquisito, ainda mais num país que nem é tão grande assim (como o caso da Rússia). Mas, tudo bem, o mundo é isso aí!

E o que isso ter a ver com nossas primeiras impressões da Turquia? TUDO. Viemos da Rússia, mas passamos mais de 2 meses na Ásia e posso afirmar com todas as letras que a Turquia é um país asiático!!! Quase tudo aqui em Istambul lembra a Ásia: o trânsito bagunçado, os mercados de rua, as lojinhas de tudo, os comerciantes insistentes, os moradores de rua, as crianças que trabalham até de noite, a comida apimentada e a animação das pessoas.

 

Famosas lojinhas
Famosas lojinhas
Nessa situação, nós flagramos a mãe do garoto (aquela senhora de rosa parada atrás dele) chegando com ele, o banquinho e o cachorro. Ajeitou o cenário, o menino começou a tocar e ela fingindo que não conhecia, nem olhava para o menino. Só assim, meio de longe...
Nessa situação, nós flagramos a mãe do garoto (aquela senhora de rosa parada atrás dele) chegando com ele, o banquinho e o cachorro. Ajeitou o cenário, o menino começou a tocar e ela fingindo que não conhecia, nem olhava para o menino. Só assim, meio de longe…
Mercados sempre cheios de gente
Mercados sempre cheios de gente
Motos andando e estacionando nas calçadas
Motos andando e estacionando nas calçadas

Tudo bem que as pessoas não são tão simpáticas como no sudeste asiático, mas gostam de conversar (desde que depois consigam te vender alguma coisa, rs). O melhor de tudo é que elas falam todas as línguas que existem no mundo, ou pelo menos arranham. Basta você passar na frente de uma vendinha no mercado para escutar: “Welcome”, “Buon Giorno”, “Como estás” e a próxima frase sempre é: “Where are you from?” (De onde você é?). É só falar que somos brasileiros que eles desenrolam um monte de palavras em portinhol e algumas delas em português. Obrigado, amigo, bom dia, tudo bem e os números de 1 a 9 todo mundo sabe. Realmente, os turcos são geniais na arte da venda!

Falando em venda, parece ser difícil sair de uma negociação sem comprar nada (e olha que eu sou expert nesta arte). Os comerciantes tentam de tudo, conversam sobre copa do mundo, sobre samba e carnaval e cada um tem pelo menos um amigo no Brasil.

A questão da religião parece ser tranquila aqui. A Turquia é um país laico e, por isso, não obriga as pessoas a seguirem nenhuma religião, embora quase 100% da população seja islâmica. Mesmo assim, metade das mulheres que vimos nesses dois primeiros dias cobrem a cabeça, parte do corpo ou usam a burca. Quase impossível saber se elas são obrigadas pelas famílias ou se fazem porque querem.

Istambul

Istambul

Istambul

Ia me esquecendo da característica mais europeia que percebemos: o preço das coisas. Isso a Turquia aprendeu direitinho. Eita, país caro! Principalmente as atrações turísticas. Pelo que pesquisamos, parece que vamos gastar uma boa graninha para visitar palácios, museus, etc…

O que também nos impressionou muito foi a quantidade e grandiosidade das mesquitas. Elas estão por toda parte, reiterando a hegemonia islâmica e também embelezando ruas e parques. Como são bonitas!!!

Mesquita islâmica
Mesquita islâmica

Informações gerais: até agora conseguimos nos virar com o inglês, a barganha tem se mostrado cada vez mais importante, muitos kebabs pelas ruas, o câmbio variou muito de lugar para lugar e o transporte público nos dá a sensação de funcionar muito bem.

As carnes dos kebabs são um show à parte
As carnes dos kebabs são um show à parte
Restaurante típico de kebabs
Restaurante típico de kebabs

Ainda temos 10 dias pela frente, mais duas cidades para visitar e muitos doces para provar! Já estou com água na boca!!!

Istambul

Istambul

 

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY