San Pedro do Atacama, maravilhoso e inesquecível

San Pedro do Atacama, maravilhoso e inesquecível

2
SHARE
San Pedro do Atacama

Sabe aquela viagem que fica marcada para sempre na memória? Pois é, conhecer San Pedro do Atacama é assim! Localizada no Chile, o destino é incrível e simplesmente surpreende a cada passeio, paisagem e parada. A energia da cidade é tão mágica que toda vez que lembro da visita, sinto toda vibração outra vez. E então, preparados para conhecer mais sobre o Atacama?

O Vilarejo

San Pedro do Atacama é uma graça, mas dá a sensação de que o tempo parou por lá. A arquitetura é antiga, boa parte das ruas ainda são de terra e as pessoas, simpáticas! A gastronomia não deixa a desejar: comemos muito bem todos os dias, sempre testando um dos charmosos restaurantes do centro! Apesar de tudo ser bem simples, a cidade é muito bem estruturada. Com certeza, foi uma experiência peculiar e muito interessante.

San Pedro do Atacama
Vilarejo de San Pedro do Atacama

Planejamento para San Pedro do Atacama

Este aqui é um destino onde a viagem começa muito antes da partida do avião. O planejamento é essencial para não ter problemas de logística, altitude, roupas adequadas, entre outros. Sua mala vai ser eclética e sua necessàrie de remédios um tanto diferente.

Na mala

Roupa de banho ou casaco de inverno? Os dois! Isso mesmo, você tem oportunidades para utilizar ambos. Tem passeios que você pode pegar temperaturas de -10 C e outros que é possível tomar banho em águas termais e vulcânicas.

Pela manhã é sempre frio, a tarde é quente e a noite o casaco volta a ser usado. Minha dica é: leve blusinhas segunda pele (são leves e te protegem do sol), calça legging e tênis confortável (se for antigo é até melhor por conta da poeira). Não sei se vale mencionar, mas esqueça luxo, salto alto ou qualquer coisa do tipo.

Por ser um destino seco e com altitude elevada, na parte de remédios e comidinhas, leve os seus de costume, mas acrescente também um colírio que imita lágrimas, soro para o nariz, protetor solar, hidrante para corpo / boca, muita água, barrinhas de cereais e snacks para levar nos passeios.

Chegando lá!

O modo mais simples de chegar a San Pedro do Atacama é pegando o aéreo de Santiago a Calama. São duas empresas que fazem o trajeto  (Sky Airline e a LAN) e o voo dura duas horas.

De Calama você ainda tem mais uns bons 100 km pela frente. Logo na saída do aeroporto tem um transfer da empresa Licancabur, que normalmente é uma van que te deixa direto no hotel. Conforme lota, ela sai com destino ao deserto mais árido do mundo.

Dica de economia: vale tentar comprar a passagem do trecho interno (Santiago a Calama) com antecedência direto das empresas aéreas que mencionei acima, porque sai bem mais barato, mesmo pelo site deles.  No meu caso consegui comprar a passagem de SP para Santiago com milhas, então só tive o gasto deste trecho (cerca de R$400)!

O que fazer

O ponto alto de San Pedro do Atacama são, sem dúvida, os passeios. Fechamos tudo (ainda no Brasil, mas pagando lá) com a agência Grado10. Eles fizeram uma programação detalhada que considerou a nossa adaptação, a altitude e tempo para combinação dos passeios.

Eles possuem um meio de transporte diferenciado, um ônibus-trailer, que nos deu muito conforto e segurança. Em vários passeios eles ofereceram café da manhã preparados no próprio trailer.

Eu achei incrível, mas você pode tirar suas próprias conclusões pelas fotos abaixo.

San Pedro do Atacama

Começamos os passeios pelo Valle de La Luna y Valle de la Muerte. É um clássico, vale a pena, mas é só o começo. 😉

San Pedro do Atacama

Depois fizemos Lagunas Altiplánicas, Laguna Cejar, Salar de Tara e Geysers del Tartio. Eu amei todos! Cada um com o seu detalhe especial e visual único. Veja um resuminho (mesmo!) em cada foto:

San Pedro do Atacama
Lagunas Altiplánicas

Lagunas Altiplánicas: a paisagem parece uma pintura. A guia explicou as particularidades de vulcões e outras curiosidades do local e a agência serviu um café da manha diante desta paisagem.

San Pedro do Atacama
Laguna Cejar

Na Laguna Cejar é possível nadar em uma água que de tão salgada não deixa o corpo afundar.

San Pedro do Atacama
Ojos del Salar ou Ojos de Tebinquiche
San Pedro do Atacama
Ojos del Salar ou Ojos de Tebinquiche

Pôr do sol nos  Ojos del Salar ou Ojos de Tebinquiche  (duas crateras de água de doce – continuação do passeio Laguna Cejar). As cores no Atacama são incríveis, principalmente no entardecer. A foto está em filtro, mas não representa metade do que é ver isso pessoalmente. E ainda finalizamos o passeio tomando bebidas típicas e petiscos chilenos!!!

San Pedro do Atacama
Geysers del Tartio

Geysers del Tartio: com uma temperatura de -10C, você acordará bem cedo para conseguir chegar a tempo de ver essa cena. É possível entrar em uma lagoa vulcânica (foto abaixo).

San Pedro do Atacama
Geysers del Tartio
San Pedro do Atacama
Salar de Tara

Salar de Tara: é o passeio mais longo e o lugar tem uma altitude considerável, quase 4.400 metros. Tivemos que ir com uma parceira da Grado 10 (ou seja, em uma van) e eles alegaram que o trailer estava em revisão, mas até hoje não sei dizer o que aconteceu de verdade…

Enfim, o lugar é lindo demais, mas foi bem difícil aproveitar esse passeio porque ventava absurdamente e estava muito frio. Eles dizem que não é sempre assim, mas foi assim com a gente, infelizmente.  Ah, também é possível ver flamingos nesse passeio.

No roteiro colocamos mais dois passeios, mas que fechamos com outras agências. O primeiro deles foi o tour para ver as estrelas (vale muito, muito mesmo) com a Space Star Tours, cujos astrônomos super especializados explicam cada detalhe do céu.

O post do blog Um Viajante resume muito bem o que é o tour. Espia lá.

O segundo foi com destino às Termas de Puritama e fechamos o passeio com um pessoal indicado pelo hostel. Muitas agências dizem não fazer esse passeio, mas, na verdade, o que elas vendem é só o transporte de ida e volta. As atrações do parque são igual para todo mundo, então, você não precisa ter muitas exigências.

San Pedro do Atacama
San Pedro do Atacama

Hopedagem em San Pedro do Atacama

Existem hotéis bem estruturados no deserto, mas atenção: muitos deles estão distantes do centrinho e à noite as ruas não são iluminadas. Eu não acho confortável andar em um local escuro e desconhecido durante 10 minutos (no mínimo), por isso sugiro ficar em um local mais simples, mas próximo ao centro.

Escolhemos o hostel Campo Base, com o quarto privativo. Recomendo! Sem luxo, mas com toda a atenção que precisamos quando estamos em um local de cultura diferente. No Atacama é recomendado tomar muita água e advinha? Todos os dias após a arrumação éramos presenteadas com uma garrafinha. Não é demais? Além disso, o hotel oferecia o café da manhã `empacotado` para aqueles dias de passeios bem cedo.

Clique aqui para ver detalhes e reservar.

Para finalizar

Tenha sempre barrinhas e água com você

  • Leve roupas e sapatos confortáveis
  • Pague o hotel  em dólares (no Chile, turista que paga o hotel em dólar tem desconto, basta apresentar o cartão de entrada no país)
  • Tenha sempre pesos chilenos. Acredito que seja mais vantajoso trocar real para pesos direto e há muitas casas de câmbio no Atacama que aceitam reais.
  • Experimente a bebida Terremoto
  • Vá disposto a caminhar e de mente aberta

Have fun!

Espero ter ajudado com esse resumo da minha experiência. Simplesmente fiquei fã do Chile depois dessa viagem! Beijos!

Ah! E se você tiver alguma dúvida sobre San Pedro do Atacama, é só escrever aí nos comentários que eu terei o maior prazer em responder.

Mari Saffioti topou o desafio de contar pra gente como foi sua viagem a San Pedro do Atacama. Ela é Gente que Ama Viajar.

E você, também ama viajar? Tem dicas legais e quer compartilhar com a gente?

Escreve contando sua ideia para o email contato@contosdamochila.com.br.Quem sabe o próximo post não será publicado por você?

Neste post, faço menção a alguns produtos e serviços de viagem. Sempre que você reservar ou comprar alguma coisa por meio do blog, eu ganho uma comissão. Mas garanto que nada ficará mais caro para você, ok?

Newsletter_1

 

 

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY