Siem Reap, Camboja – Primeiras impressões

Siem Reap, Camboja – Primeiras impressões

2
SHARE

Chegamos em Siem Reap de ônibus. Compramos a passagem em uma agência de turismo em Ho Chi Minh e, segundo a agência, a viagem levaria 14 horas. Era um sleeping bus e estávamos bem felizes porque conseguiríamos dormir durante a noite em caminhas. O problema foi que a viagem demorou 22 horas… Imaginem como chegamos aqui!

Fiz o máximo que pude para o cansaço da viagem não afetar nossas primeiras impressões sobre o país, prometo!

Chegamos no Camboja perto das 10h da manhã. Assim que entramos, a primeira sensação foi de uma cidade marrom. A maioria das ruas eram de terra e a poeira era constante no ar. Conforme fomos avançando até a capital, Phom Phen, a imagem se alterou bem pouco. E, assim que chegamos na capital, comprovamos: é marrom de verdade. Mesmo uma das cidades mais importantes do país tem muitas e muitas ruas de terra batida (ou não) e um ar bem carregado.

A segunda impressão que tivemos é que o país é bem pobre (ok, essa não é uma informação nova). Mas, o que nos surpreendeu foi o exército de crianças vendendo toda espécie de coisas, das mais novinhas (assim que conseguem falar e andar) às maiores, já adolescentes. Ficamos até assustados na primeira vez que fomos abordados por elas: são muitas e vieram correndo pra perto da gente, cada uma tentando vender seus produtos e quase todos a 1 dólar. Além disso, elas são muito insistentes.

Também nos impressionou a fluência de adultos e crianças no inglês. Galera, eles mandam muitooo bem!!! Crianças de 4 anos batendo altos papos com a gente, e com um inglês bem bonitinho.  Falando em esperteza, até a capital do Brasil elas sabiam… Impressionante, quando nem mesmo os europeus e americanos sabem isso.

Achamos as pessoas mais simpáticas por aqui que no Vietnã. A maioria sempre procura ajudar de forma amigável.

Por fim, embora um país mais pobre, parece que eles estão super bem preparados para o turismo. Conseguimos encontrar wifi no restaurante que almoçamos durante a viagem e na micro-mini rodoviária onde trocamos de ônibus. Ponto para o Camboja!

Logo, logo, vamos confirmar as primeiras impressões e contar tudo desse país que já foi um grande império aqui na região. Até!!!

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY